Assembléia Geral 2019: Como Abraão chamados a sermos bençãos

  Mundo PIME  

30 de Abril, Roma – Terça-feira, iniciou-se a apresentação dos relatórios das 19 circunscrições, a delegação geral, a economia, a formação inicial e permanente e o relatório do Superior Geral. Além disso, a apresentação do ALP, da New Humanity, dos missionários leigos e a apresentação de três projetos: China, para uma penetração do Evangelho no vasto continente, Índia, para acolher novos missionários em uma comunidade mais internacional, em seguida o Maghrebe, com o pedido do bispo da Tunísia para abrir uma missão que também poderia ser um apoio ao da Argélia, fruto do Duc in altum da XII AG.

Das apresentações feitas surgiu um PIME engajado na missão ad gentes com uma ampla gama de iniciativas. Da evangelização e pastoral com os caminhos de catecumenato, ao diálogo inter-religioso, atenção aos povos indígenas e tribais, promoção humana e compromisso com a justiça, atenção aos pobres e deficientes, e depois formação, animação missionária e vocacional acompanhamento dos jovens nas diversas realidades nas quais se encontram.

Alguns dados interessantes. As três circunscrições mais jovens: Costa do Marfim, com 9 membros, idade média de 44,5 anos; Argélia-Tunísia com 6 membros, idade média de 45,5; Camboja, 11 membros idade média de 46 anos. Os três mais ‘sábios’: Itália com 73 membros (sem contar Rancio) idade média 66,5; Hong Kong com 29 membros, idade média de 65 anos; Estados Unidos, 12 anos de idade média 64. Hoje todo o Instituto tem 441 membros, idade média de 61,3. Estes são os três maiores grupos: 309 italianos, 58 índios, 26 brasileiros.

Para a formação inicial, hoje os seminaristas do PIME são 100. Em Monza, 50 de 12 nacionalidades. Para a formação continua, 24 iniciativas foram tomadas nos últimos anos, com uma média de 6 por ano.

O relatório do tesoureiro geral reafirmou como somos todos corresponsáveis pelos bens do Instituto, por um estilo de vida mais sóbrio. O administrador geral dr. Moneta deu uma visão geral das restruturações das casas, em particular a casa de Rancio, que agora conta com 60 quartos e desde junho possui um serviço online chamado Sanitas. Neste âmbito, a importância de auxiliar-se de leigos preparados, também nas Circunscrições, e adequar a contabilidade aos parâmetros de cada país.

O relatório do Superior Geral, acolhido por um longo aplauso, destacou duas palavras-chaves:

“Escuta para um verdadeiro discernimento, e mudança que deve nos levar a um crescimento missionário pessoal e comunitário.”

Foi reiterado como a missão deve estar no centro e o tema da AG “Ai de mim, se eu não anunciar o Evangelho”, diz aquela urgência missionária que deu vida ao Instituto. O ícone é mais uma vez é a figura de Abraão: fé no Senhor, deixar tudo, indo para onde o Espírito nos guia, para ser, assim como Abraão, uma bênção para a missão.

Adicionar comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos requeridos são marcados com *