Jornal - "MISSÃO JOVEM"

Religiões - Confucionismo

Ni hao, ou melhor, tudo bem amiguinhos. Esqueci que não estou na China! Espero que vocês acolham com o coração aberto o que vou falar sobre a minha religião, o Taoísmo. Embora eu a chame de religião, gostaria que vocês soubessem que muitos dos taoístas a consideram mais como uma forma de pensar, um caminho a seguir. Os ensinamentos do Taoísmo dizem que o verdadeiro sábio é a criança, pois nós estamos livres ainda de muitos preconceitos que atrapalham a harmonia das pessoas. Por isso, além de aprendermos sobre a religião das outras pessoas, vamos também ser anunciadores daquela paz que vem do respeito pelas pessoas e pelas suas crenças.

TAO

“Tao” é uma antiga palavra chinesa que significa “caminho”. Em nossa vida podemos seguir vários caminhos. O Tao nos ensina que a força natural liga todas as coisas em nosso mundo.

Vou explicar melhor:

- nossa religião nos ensina que, para alcançar a serenidade, é preciso parar de desejar que as coisas sejam diferentes de como elas são.

Em vez disso, é necessário deixar que a natureza se encarregue de tudo, estando em paz com ela, sem exigir que ela nos sirva.

Nosso livro sagrado diz que a “verdade” chega somente à mente pura e aberta. Bonito, não é? No caminho do Tao se fala pouco e se ouve muito. É um caminho de respeito e de virtudes.

TAOÍSMO

Nossa religião, de origem chinesa, se baseia em centenas de textos sagrados. Ela começou há mais de 2.700 anos, como uma espécie de filosofia mística que destacava a importância de as pessoas serem naturais e espontâneas. Mas, com o passar do tempo, se desenvolveu até tornarse uma religião popular. O fundador do Taoísmo, o senhor Lao-Tsé, foi quem escreveu o livro sagrado Tao-Teh-King, que significa o “livro da razão e da virtude”.

Este livro, que consideramos como o mais importante, tem apenas 25 páginas. Se compararmos com a Bíblia dos cristãos, ele é muito pequeno. Contudo, quero dizer para vocês que jamais vi um livro tão difícil de se entender. Em razão disso, foram escritos vários outros livros para explicá-lo, formando assim uma grande biblioteca de ensinamentos.

VIDA

Nós, os taoístas, procuramos conduzir uma vida correta e não machucar ninguém. Curamos os doentes e damos de comer aos famintos. Aqui no Brasil, a comunidade taoísta presta atendimento a entidades carentes. Grande é o respeito que temos pelos nossos idosos.

Eles são os nossos sábios que nos ensinam a viver de maneira justa e correta. Através deles aprendemos a honrar nossos deuses e os espíritos. Como já falei, nós nos preocupamos em cuidar da natureza e da beleza do mundo. Fazemos o possível para vivermos em harmonia conosco mesmo, com o outro e com a natureza.

YIN E YANG

O Yin e o Yang, simbolizados pelo diagrama circular, que com certeza vocês já viram, manifestam a harmonia que precisamos conquistar em nossas vidas. O que muitas pessoas sabem deste símbolo é que o Yin representa o feminino e o Yang representa o masculino.

Mas seu sentido e muito mais amplo para nós. Por isso, amiguinhos, se alguém lhes perguntar o que significa este símbolo, respondam que ele simboliza a busca da harmonia diante do bem e do mal, da vida e da morte, do barulho e do silêncio... Pois é nisso que nós taoístas acreditamos.

CULTO E SACERDOTES

Vocês já viram a China no mapamúndi? Pois é, naquele imenso país existem cinco montanhas que são consagradas ao Taoísmo. Os nossos sacerdotes e monges vivem em mosteiros situados nas redondezas daquelas montanhas, procurando alcançar a harmonia através da meditação.

Nas cidades também existem templos taoístas. Alguns sacerdotes são vegetarianos. Outros não cortam os cabelos. Muitos deles são casados, vão ao templo para os ofícios e depois voltam para as suas casas.

TAI-QI

O que é isso? Só para que vocês fiquem sabendo, o Tai-Qi é conhecido como um exercício de respiração, mas é bem mais do que isso: Tai é a força que existe em todos nós e em todas as coisas, enquanto que o Qi é a energia do universo. Quando praticamos o Tai-Qi unimos nossas forças internas e a energia do universo para fazer uma coisa só e, assim, conseguir o equilíbrio.

FESTAS E CELEBRAÇÕES

As festas tradicionais em nosso país consistem numa mistura de todas as grandes religiões do oriente:

- o Budismo, o Taoísmo e o Confucionismo. Nestas celebrações são realizadas grandes procissões, sobretudo em fevereiro, quando se celebra o ano novo. Imagens de papel do deus da cozinha são erguidas e sobre as portas, são colocados cartões que trazem fortuna. É tudo muito legal e atraente.

No outono, com milhares de lanternas, celebramos a festa dedicada a deusa Sheng O. Muito popular é a festa do Barco Dragão. Nesta ocasião são organizadas corridas de barco. Eu ainda não participei, mas quando crescer eu vou disputá-la.

SOMOS UMA GRANDE FAMÍLIA

O Taoísmo não quer construir uma sociedade perfeita, mas se preocupa em formar o indivíduo perfeito, ou melhor, quer mostrar-lhe o caminho para que ele se encontre consigo mesmo e com os outros. Só assim pode acontecer a sociedade perfeita que todos queremos.

Como o Taoísmo, também as religiões de outras crianças buscam tornar as pessoas mais amigas, solidárias e felizes. Assim, nós crianças taoístas e vocês, amiguinhos da Infância Missionária, poderemos viver mais felizes se aprendermos desde já que, em se tratando de religião, cada um tem a sua, mas quando falamos de paz, somos uma grande família.

Visite as outras páginas

[P.I.M.E.] [MUNDO e MISSÃO] [MISSÃO JOVEM] [P.I.M.E. - Missio] [Noticias] [Seminários] [Animação] [Biblioteca] [Links]

Voltar