Jornal - "MISSÃO JOVEM"

Catequese "MISSÃO JOVEM"

Bíblia - Evangelho de Lucas

IRMÃOS E IRMÃS DE CAMINHADA!

Vamos entrar na terceira parte de nosso estudo sobre Atos dos Apóstolos. Esta parte vai até o final do livro e mostra que o Testemunho de Jesus Cristo vai se expandindo até atingir os confins do mundo. E para começar, vamos acompanhando a segunda viagem missionária. Sugiro que vocês leiam agora Atos 15,36 a 18,22.

DUAS EQUIPES MISSIONÁRIAS...

Já na preparação da viagem, percebemos uma situação de conflito. Paulo e Barnabé se desentendem por causa de Marcos, também chamado de João Marcos. Este, durante a primeira viagem, havia desistido na metade do caminho (13,13). Não sabemos exatamente qual foi o motivo. O fato é que agora Paulo não quer mais a sua companhia, contrariando o desejo de Barnabé. Não teve jeito. Tiveram de se separar. Barnabé com Marcos viajam para Chipre. Paulo convidou a Silas e seguiu para as regiões da Síria, Cilícia, Derbe, Listra, Ásia Menor, Macedônia, Grécia... Na verdade, esta separação proporcionou a possibilidade de duas equipes de missionários. A evangelização saiu ganhando! Nós vamos deixar Barnabé e Marcos e vamos acompanhar Paulo e Silas.

Num primeiro momento eles vão confirmar as comunidades em alguns lugares onde haviam passado na primeira viagem. A intenção é animar e transmitir nova força às igrejas, encorajando as pessoas a permanecerem firmes na fé e no compromisso do amor mútuo. Na cidade de Listra, encontram a Timóteo, cujo pai é grego e a mãe judia. Ele também entra a fazer parte da equipe missionária. Para melhor ser acolhido pelos judeus, Paulo sugere que seja circuncidado. Conforme o costume judaico, em caso de casamento misto, o filho devia ser educado na religião da mãe. Timóteo se torna um grande colaborador de Paulo e vai ser um importante animador de comunidades cristãs.

MUDANÇA DE PLANOS

A viagem se dá no meio de muitos contratempos e dificuldades. Os planos nem sempre acontecem conforme são pensados. Acontecem fatos que provocam mudanças. Por trás destes fatos, nós sempre percebemos a atuação do Espírito Santo que move nossos corações segundo a vontade de Deus e não conforme nossos projetos pessoais. É neste sentido que dizemos que o Espírito Santo nos impedia de pregar nesta ou naquela região e éramos empurrados para outras regiões. Assim chegamos a Macedônia, após um sonho de Paulo. Os sonhos, na Bíblia, são vistos como manifestações da vontade de Deus.

SURGE UMA NOVA COMUNIDADE

Filipos é uma das principais cidades da região da Macedônia. Aí nasce uma comunidade cristã a partir de um grupo de mulheres que estavam reunidas à beira de um rio. Lídia se revela como uma das lideranças que logo acolhe a nova mensagem. Toda a sua família aceita o batismo. A sua casa se torna a primeira sede onde se reúne a igreja de Filipos.

Este exemplo nos faz lembrar de tantos Grupos de Reflexão ou Grupos de Famílias que, hoje, se reúnem nas casas de vocês. São células vivas de Comunidades Eclesiais de Base, onde acontece a solidariedade, a partilha, o serviço mútuo e as celebrações bem participativas. É o jeito de Deus revelar o seu rosto amigo e acolhedor. É a proposta de Jesus colocada em prática a partir da casa de cada um de nós.

LIBERTAR DA ESCRAVIDÃO

O caminho do Testemunho de Jesus é cheio de surpresas boas e também de perseguições. Havia em Filipos uma jovem escrava que possuía o dom da adivinhação. Seus patrões se aproveitavam deste dom para tirar lucros pessoais. A jovem percebe que Paulo e Silas são pessoas de Deus. As pessoas de Deus não escravizam, nem se aproveitam das outras para realizar interesses pessoais. A jovem escrava, certamente, percebe que a mensagem daqueles missionários traz vida e liberdade. “Anunciam o caminho da salvação”. É isso que ela proclama sem parar. Paulo, voltando-se para ela, em nome de Jesus Cristo, liberta-a daquele espírito que a torna escrava e dependente de seus patrões. Assim, ela deixa de ser um instrumento de lucro para eles.

Este ato de libertação provoca um grande conflito. Os patrões pedem às autoridades que prendam os missionários. O poder econômico e político sempre andam de mãos dadas e, geralmente, contra os interesses dos pobres e oprimidos. Quem se dedica para o bem do povo, com toda a honestidade, não escapa das perseguições. Se aconteceu isto com o Mestre, vai acontecer também com os seus discípulos.

Paulo e Silas, mesmo perseguidos e presos, conservam o bom ânimo sustentado pela oração contínua. Deus os liberta. Apesar de todo o sistema de segurança, ninguém pode impedir a força da oração que atrai o olhar de Deus sobre os perseguidos e marginalizados. Até o carcereiro se converte e, na sua casa, todos celebram a ceia, sinal de fraternidade e vida nova: enquanto o carcereiro lava as feridas dos missionários, ele é lavado pelas águas do Batismo. Quem pode impedir a ação do Espírito Santo que vence todo tipo de barreiras para implantar o Plano de Deus na história humana?

A MISSÃO CONTINUA SEM PARAR

Os missionários seguem o caminho e chegam à Tessalônica. Esta cidade é a capital administrativa da região da Macedônia. Aí reside um governador romano. A população é constituída de gente de muitas culturas diferentes. Na sinagoga dos judeus, Paulo faz a sua catequese, dizendo que Jesus é o Messias Salvador, conforme dizem as Sagradas Escrituras... Várias pessoas, homens e mulheres, acreditam na Boa Notícia. Jasão os acolhe em sua casa... Alguns judeus, porém, levados pela inveja, levantam falsas acusações e provocam tumulto na cidade... Nova perseguição...

Os missionários precisam sair às pressas. Vão para a cidade de Beréia. Lá são bem acolhidos. Só por um tempo. Os judeus de Tessalônica logo chegam para perturbar a paz. Quanto conflito por causa da Palavra!...
Paulo se separa de Silas e Timóteo. Vai para a Grécia e chega em Atenas. Vai ao local onde se encontram os filósofos: no Areópago. No meio de estátuas de muitos “deuses” prega a Jesus Cristo. Aqueles intelectuais parecem ouvir com atenção, mas é puro engano. No final eles caçoam de Paulo e desprezam a sua mensagem. Apenas alguns acolhem o novo anúncio e se convertem. Entre eles está um funcionário chamado Dionísio e uma mulher chamada Dâmaris. Diante da rejeição da maioria, Paulo se retira cheio de tristeza. Mais conflitos... Mas o missionário de Jesus não esmorece.

SOLIDARIEDADE COM OS TRABALHADORES

Paulo chega a Corinto, uma cidade portuária, com 500 mil habitantes aproximadamente. Gente de culturas e tradições diversas. Lá ele se faz trabalhador entre os trabalhadores. Encontra abrigo na casa de Priscila e Áquila, um casal judeu que fora expulso de Roma pelo imperador Cláudio. Sustentando-se pelo suor do próprio rosto, Paulo percebe que a Boa Nova do Evangelho é melhor acolhida no meio das pessoas pobres. Elas são mais abertas à graça de Deus.

Silas e Timóteo também chegam a Corinto. Assim Paulo pode dedicar-se mais tempo à evangelização. Esforça-se para convencer os judeus junto às sinagogas. Mas são poucos os que se convencem. Entre estes está Crispo, o chefe da sinagoga. Paulo decide priorizar o anúncio do Evangelho junto aos pagãos. Tício Justo é uma destas pessoas que busca a Deus de coração sincero. Ele abre sua casa para os encontros da comunidade cristã.

Paulo sofre mais calúnias e perseguições. No tribunal é defendido pelo procônsul romano. Continua a missão, dando testemunho de fé e coragem. E, depois de algum tempo, despede-se dos irmãos e volta para Antioquia da Síria. Dentro de mais algum tempo vai realizar a sua terceira viagem missionária. Assunto para o nosso próximo encontro.
Como missionários e missionárias, vamos seguir o Caminho do Testemunho de Jesus Cristo, com toda a ousadia e coragem, pois somos construtores de um mundo novo e feliz!

Pe. Celso Loraschi

PARA CONVERSAR

1.º Ler Atos 15,36 a 18,22 e anotar quais as cidades que são visitadas por Paulo e sua equipe.

2.º Encenar ou contar o que acontece nas cidades de Filipos, Tessalônica, Atenas e Corinto...

3.º O que mais chama a atenção nesta segunda viagem missionária?

4.º Toda pessoa cristã é missionária. De que forma hoje estamos sendo missionários(as)?

Visite as outras páginas

[P.I.M.E.] [MUNDO e MISSÃO] [MISSÃO JOVEM] [P.I.M.E. - Missio] [Noticias] [Seminários] [Animação] [Biblioteca] [Links]

Voltar